A O.V.A.R. é uma obra vicentina ligada ao Conselho Central do Porto da Sociedade S. Vicente de Paulo, vocacionada para as visitas e coordenação do apoio aos reclusos e suas famílias dos estabelecimentos prisionais existentes na área geográfica da Diocese do Porto: P.J., Custóias, Paços de Ferreira, Vale do Sousa e Santa Cruz do Bispo (masculino e feminino).

  O total de reclusos nestes estabelecimentos prisionais era, em 2018, de cerca de 3000.

 

  A ação da O.V.A.R. é justificada pelo facto de ser reconhecida aos reclusos a necessidade de contacto com pessoas que os apoiem na sua vida pessoal e familiar e que lhes dêem coragem e esperança para a sua integração plena na sociedade, libertando-os do estigma da prisão. 

  A Assembleia da República distinguiu a O.V.A.R. com o prémio "Direitos Humanos 2018"

 A organização "Terra Justa - Causas e Valores da Humanidade" homenageou a O.V.A.R. na  sua   edição de 2019.